EMBARQUE IMEDIATO Uma Catarina em Paris

A NOITE EM PARIS – Paris by Night

PARIS BY NIGHT VIKY ALE BLOG 1

Vocês mandam, eu posto. Tá certo,  todos gostam de saber os achados da Catarina em Paris, onde comer, onde comprar, o que fazer, faça chuva ou sol… Mas, para uma grande parcela de viajantes ávidos por curtição e integração, que importa mesmo é saber onde ir quando a meia-noite se aproxima…  Para esses, notívagos festivos, dedico o post desta sexta. A noite aqui não é muito mutável e provavelmente muitos de vocês já sabem desses lugares, outro até já leram sobre alguns deles aqui.. Mas são eles que ainda fazem as noites esquentarem:

PARIS BY NIGHT VICKY ALE BLOG 2

  • Le Carmen, uma casa com arquitetura imponente e rococó onde Bizet escreveu sua famosa opera Carmem. Mantida como se fosse uma casa ainda, com diferentes ambientes, uma cama em um deles, sala e um pequeno bar, um publico moderninho e uma vibe interessante.
  • Club Silencio, um dos meus preferidos! O bar é lindo, os drinks ótimos e um publico seleto e eclético, de diferentes idades, estilos, gêneros.
  • Le Montana, certamente o clube mais disputado de Paris, pequeno, com decor sofisticada e crowd seleta. A lista das mais vips com artistas e festas fashionistas,  staff e púbico blasé. Sem nome na lista ou conexão com alguem nos bastidores, passar pela porta é difícil. “Mas, ei, não é a Scarlett Johansson que acaba de entrar?” Acho que vale  encarar o risco de ser barrado.
  • Le Baron, do mesmo dono do Le Montana, e nas mesmas proporções, pequeno e com uma politica de porta restrita, tem o ambiente mais pro estilo inferninho e uma vibe mais dançante, o publico é formado por jet setters e fashionistas.
  • Le YoYo, no subsolo do Palais de Tokyo, modernoso e descolex, ambiente amplo como um grande galpão sem muito decor, apenas algumas pichações e decor temática dependendo da festa, publico mais fashionista e jovem.
  • Chez Raspoutine, com decor pesada, mantendo a historia do local, antes um bordel, depois um club cabaré bem conhecido e agora boite VIP popular entre modelos, bilionários e pessoal da moda. O lugar começa como restaurante pra depois animar e vira boate. Dica V+A: Para a incerta door policy, vale reservar uma mesa ou chegar por volta de 10:00 para o jantar.

Dica INSIDER  Catarina em Paris: Maison Bagatelle

BAGATELLE PARIS

Quando o verão chega, assim como acontece em diversas cidades mundo afora, especialmente grandes metrópoles, a cena muda.  Parisienses cansados dos ambientes fechados e dos mesmos lugares, querendo respirar ar puro e aproveitar a euforia do verão, vão ao Bagatelle. Não, não pense no Bagatelle de New York, St. Tropez e São Paulo. Esse veio primeiro: uma antiga casa de caça do século 18, parte do Castelo de Bagatelle, em seu famoso jardim, o restaurante que durante o verão dá vida às festas mais concorridas. Tudo bem, não fica exatamente em Paris, mas duvido que você perceba, já que o percurso não passa de 10min, a cidadezinha é Nelly Sur Seine, um dos melhores subúrbios de Paris, a cara da aristrocracia.

A festa chamada de Maison Bagatelle é o Jardim Secreto de Paris, todas as sextas e sábados de Maio a Setembro, ao ar livre, com as grandes arvores que cercam a pista, o bar e as mesas, iluminadas de pink,  um publico formado de modelos e socialites animadas, algumas fantasias bem-humoradas e muitos gatos e gatas…o jardim pega fogo e a paquera rola forte.

Você Pode Gostar

Não há comentários

Deixe uma mensagem

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.